Textos e pensamentos

O mais importante da vida não é saberes onde estás, mas sim para onde vais.(Goethe).

A Verdade Universal Não Existe

"Consultei os filósofos, folheei os seus livros, examinei as suas diversas opiniões; achei-os todos orgulhosos, afirmativos, dogmáticos - mesmo no seu pretenso cepticismo, não ignorando nada, não demonstrando nada, troçando uns dos outros; e esse ponto, que é comum a todos eles, pareceu-me ser o único em que todos concordavam. Triunfantes quando atacam, não têm vigor quando se defendem. Se examinais as suas razões, só as têm para destruir; se contais os seus caminhos, cada um está limitado ao seu; só se põem de acordo para discutir; prestar-lhes ouvidos não era o meio de me livrar da minha incerteza. Compreendi que a insuficiência do espírito humano é a primeira causa dessa prodigiosa diversidade de sentimentos, e que o orgulho é a segunda. 

Nós não temos a medida dessa imensa máquina, não podemos calcular as suas proporções; não lhe conhecemos nem as primeiras leis nem a causa final; ignoramo-nos a nós mes¬mos; não conhecemos nem a nossa natureza nem o nosso princípio ativo; mal sabemos se o homem é um ser simples ou composto: mistérios impenetráveis rodeiam-nos por todos os lados; pairam por cima da região sensível; para os compreendermos, supomos ter inteligência, e apenas temos imaginação. Cada um de nós abre através desse mundo imaginário um caminho que supõe ser o bom; nenhum de nós pode saber se o caminho que abriu conduz ao objectivo que tem em mente. Porém, queremos compreender tudo, tudo conhecer. A única coisa que não conseguimos é ignorar o que não conseguimos saber. Preferimos entregar-nos ao acaso, e crer naquilo que não existe, a reconhecer que nenhum de nós pode compreender o que é. Pequena parte de um grande todo cujos limites não alcançamos, e cujo autor entrega às nossas loucas discussões, somos suficientemente vãos para pretender decidir o que é esse todo, e o que nós próprios somos, em relação a ele. 
Mesmo que os filósofos tivessem a possibilidade de descobrir a verdade, qual, de entre eles, se interessaria por ela? Cada um deles sabe muito bem que o seu sistema não tem mais fundamentos que os dos outros; mas sustenta-o, porque é seu. Não houve um único que, tendo chegado a distinguir o verdadeiro e o falso, não tivesse preferido a mentira que encontrou à verdade descoberta por outro. Onde se encontra o filósofo que, para defender a sua glória, não enganaria cientemente o género humano? Onde se encontra aquele que, no âmago do seu coração, tem outro propósito que não seja o de se distinguir? Contanto que se eleve acima do vulgar, contanto que apague o brilho dos seus concorrentes, que mais deseja ele? O essencial é pensar diferentemente dos outros. Para os crentes, é um ateu; para os ateus, seria um crente."  Jean-Jacques Rousseau, in 'Emílio'


"Deixaram-me vagabundear pela biblioteca
e eu dava assalto a sabedoria humana.
Foi ela quem me fez (...)
As densas lembranças,
e a doce sem-razão das crianças do campo,
em vão procura-las-ia, eu, em mim.
Nunca esgaravatei a terra nem farejei ninhos,
nem joguei pedras nos passarinhos.
Mas os livros foram meus passarinhos
e meus ninhos, meus animais domésticos,
meu estabulo e meu campo;
a biblioteca era o mundo colhido num espelho;
tinha a sua espessura infinita,
a sua variedade
e a sua imprevisibilidade."
(Jean Paul Sartre)

A luta pela vida.Visão competitiva da vida. 

"A vida seria comparável a uma corrida na qual é preciso vencer sempre. Ela começa com o esforço inicial chamado desejo, sendo o amor definido como ligação a alguém."
"Estar continuamente ultrapassado é miséria, ultrapassar continuamente quem está adiante é felicidade. Abandonar a corrida é morrer." Thomas Hobbes - Leviatã.


A Verdadeira Liberdade do Homem

Nunca acreditei que a liberdade do homem consiste em fazer o que quer, mas sim em nunca fazer o que não quer, e foi essa liberdade que sempre reclamei que muitas vezes conservei, e me tornou mais escandaloso aos olhos dos meus contemporâneos. Porque eles, ativos, inquietos, ambiciosos, detestando a liberdade nos outros e não a querendo para si próprios, desde que por vezes façam a sua vontade, ou melhor, desde que dominem a de outrem, obrigam-se durante toda a sua vida a fazer o que lhes repugna, e não descuram todo e qualquer servilismo que lhes permita dominar. Jean-Jacques Rousseau, in Os Devaneios do Caminhante Solitário


Onde está o jequitibá maduro?
"Quebrou;
Esqueceu-se de regra imperiosa da natureza: aquele ou aquela que a força da tempestade ousa enfrentar deve ser flexível bastante e dobrar, ou então corre o rico de quebrar, quebrado será banido, esquecido, perdendo assim a sua serventia. Já diz o povo, e dele deveria ser orientar os que o dirigem, "quem não vive para servir, não serve para viver". E acrescento eu, melhor olvidar. Em terras distantes não foram mandados, e sim deliberadamente se abrigaram, em busca de aprendizado para no retorno não servir e sim escravizar, nasci com grilhões e por mais que eu lute, por mais que eu grite, não há eco, sonho um sonho que é só meu, todos os meses de minha vida são setembro e todo meu entardecer é dia 6, no horizonte com o nascer do sol, nasce também o meu dia 7. Sonho um sonho que é meu, mas que deveria ser nosso. Sonho liberdade."
José Pinto

Postar um comentário

Ads Inside PostM

Teste